segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 | 06:08:12 | Tempo e temperatura: Iúna/ES n Nublado, 12º/26º
Notícia
  • publicidade 023 Notícias
INSS: novo pedido de concurso para 7.351 vagas Concurso INSS

INSS: novo pedido de concurso para 7.351 vagas

Boa notícia para quem se prepara para concursos públicos.

16/04/2016 as 15h17 (Atualizado em 18/08/2018 as 09h45). Valdir Vieira | Gazeta Online

Boa notícia para quem se prepara para concursos públicos. O Ministério do Trabalho e Previdência Social solicitou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão  a abertura de um novo concurso público para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O pedido foi para preencher 7.351 vagas.

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério do Previdência, foram pedidas 1.530 oportunidades para perito médico previdenciário e 5.821 para as funções de técnico e analista do seguro social. O departamento de comunicação ainda reforçou que tais chances não se referem ao certame em andamento para  técnico e analista.

Em março, quando saiu o decreto que alterou o Regulamento da Previdência Social, o ministro do MPTS, Miguel Rossetto, chegou a dizer que a expectativa do órgão é que o Planejamento libere o aval no decorrer de 2016. “O decreto e o concurso vão fortalecer nossa capacidade de acolhimento e atendimento às pessoas num momento de dificuldade quando estão afastadas do trabalho por questões de saúde ou por acidente”, enfatizou Rossetto.

O atual concurso do INSS visa a preencher 950 vagas dos cargos de técnico e analista previdenciário. As provas serão aplicadas no dia 15 de maio. Com o novo pedido de certame, tudo leva a crer que as vagas requeridas são para os municípios que não foram contemplados no edital que está em andamento. O Cespe/UnB é o responsável pela seleção.

Cargos

A função de técnico do seguro social exige que o candidato tenha o nível médio. Já o cargo de analista tem como requisito o nível superior em diversas áreas de atuação (serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências contábeis, arquitetura, letras etc). A área de serviço social foi contemplada no concurso atual.

A carreira de perito médico previdenciário exige graduação em medicina e registro regular no Conselho Regional de Medicina.

As remunerações são de R$ 5.344,87 para técnico, R$ 7.954,09 para analista e R$ 8.988,41 para perito. Os valores incluem o auxílio-alimentação de R$ 458. Os salários iniciais sofrerão o reajuste anual já no próximo mês de agosto.

O que estudar

Técnico

Os assuntos que costumam ser abordados são: ética no serviço público; regime jurídico único; noções de direito constitucional; noções de direito administrativo; língua portuguesa; raciocínio lógico; noções de informática; e seguridade social.

Analista

As questões podem ser sobre os seguintes assuntos: língua portuguesa; raciocínio lógico; noções de informática; direito constitucional; direito administrativo; legislação previdenciária; e conhecimentos específicos.

Perito

São cobrados: língua portuguesa; ética no serviço público; noções de direito constitucional; noções de direito administrativo; medicina geral; legislação referente ao SUS; medicina do trabalho; legislação do trabalho; legislação de assistência social; e legislação previdenciária.

 

Fonte: Com informações do Jornal dos Concursos

  • publicidade 021
Desenvolvido em Software Livre por Logomarca da Imppactmidia