sábado, 20 de Janeiro de 2018 | 02:01:44 | Tempo e temperatura: Iúna/ES pp Possibilidade de Pancadas de Chuva, 20º/32º
Política
  • publicidade 023 Notícias
Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara Rodrigo Maia, novo presidente da Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara

Com 265 votos, foi eleito novo presidente da Câmara Federal o deputado Rodrigo Maia (DEM)

14/07/2016 as 09h54 (Atualizado em 19/01/2018 as 05h06). Valdir Vieira | ESHOJE

Com 265 votos, foi eleito novo presidente da Câmara Federal o deputado Rodrigo Maia (DEM). A votação acabou pouco às 0:13 hora desta quinta-feira (14). Rogério Rosso recebeu 170 votos, e cinco parlamentares votam branco. Participaram da votação 460 deputados. Ele já assumiu o cargo, após a votação.

Os dois foram para segundo turno, após terem recebido 120 votos Maia e 106 Rosso, na primeira votação, onde disputaram com outros 11. Entre os concorrentes, dois capixabas: Carlos Manato (SD), que recebeu 10 votos, e Evair de Melo (PV) que foi votado por cinco parlamentares.

"Foi uma disputa limpa, na política. Isso que é importante, é assim que a gente tem que fazer", diz o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente eleito da Câmara, que se emociona ao falar da família. O presidente eleito da Câmara, agradeceu aos partidos que o apoiaram no primeiro e no segundo turno.

Segundo turno

Antes do início do segundo turno da eleição para a presidência da Câmara, os deputados federais Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Rogério Rosso (PSD-DF) fizeram breves discursos na noite desta quarta-feira (13) para pedir apoio.

Da tribuna, Maia defendeu um Legislativo forte e independente. “Se eu sentar naquela cadeira, eu vou ser um de 513. Nós vamos governar essa Casa juntos, nós vamos devolver ao plenário a sua soberania”, afirmou sob aplausos de grande parte do plenário.

O deputado do DEM também afirmou que pretende dar mais espaço a todos os parlamentares e não apenas aos líderes, que representam as suas bancadas e, normalmente, são os que falam em plenário. “Vamos trabalhar para acabar com o império dos líderes. Eles são fundamentais, mas não são os únicos que têm direito a palavra. Cada um de nós terá o direito de usar esse microfone, disse.

Ao encerrar o discurso, Rodrigo Maia destacou a experiência como deputado federal, por possuir cinco mandatos. Rogério Rosso está no primeiro mandato.

“O Brasil só vai superar a crise se a Câmara superar sua crise. Temos dois bons candidatos, cada um tem sua história. Eu tenho cinco mandatos de deputado federal. Liderei meu partido, presidi meu partido, travei debates importantes”, afirmou.

Antes de iniciar seu discurso, Rogério Rosso pediu que Rodrigo Maia subisse na tribuna para que se abraçassem, em sinal de harmonia. O deputado do DEM subiu e cumprimentou o adversário. O gesto foi aplaudido pelo plenário.

 

 

  • publicidade 021
Desenvolvido em Software Livre por Logomarca da Imppactmidia