terça-feira, 18 de Setembro de 2018 | 02:09:41 | Tempo e temperatura: Iúna/ES pc Pancadas de Chuva, 18º/26º
Notícia
  • publicidade 023 Notícias
Consagração perpétua da Irmã Renata Magro, SDN José Geraldo Barbosa

Consagração perpétua da Irmã Renata Magro, SDN

Confira os destaques da semana, com José Geraldo Barbosa

02/09/2016 as 16h30 (Atualizado em 18/09/2018 as 09h51). José Geraldo Barbosa | Redação

Consagração perpétua da Irmã Renata Magro, SDN

A Festa de Nossa Senhora da Glória, realizada todos os anos com muito esmero pela Paróquia São Sebastião de Espera Feliz-MG, ganhou um brilho especial: a Profissão Perpétua da Irmã Renata Magro-SDN, dia 21 de agosto. Presença de numerosos fiéis, irmãs e missionários sacramentinos e do Bispo de Primavera do Leste/MT, Dom Derek Byrne. A missa foi celebrada com muito entusiasmo e participação de todos, dia da Solenidade da Assunção de Nossa Senhora. Filha de Renato Magro e Ana Golfeto Magro, Irmã Renata nasceu em Espera Feliz aos 19 de abril de 1982 e tem como irmãos, Sérgio, Ariana e Pe. Estevão Magro, PIME. O grande momento aconteceu após a Oração Eucarística. De joelhos diante do altar, Irmã Renata consagrou-se definitivamente a Deus, através dos votos de pobreza, castidade e obediência, segundo as Constituições da Congregação das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora. Por fim, recebeu o anel das mãos dos pais, símbolo do compromisso com os pobres e o Reino. Uma bênção...

E/D: Pe. Aureliano, SDN, Renato Magro, Ana Magro, Dom Derek, Irmã Renata, , Pe. Estevão, PIME, Pe. Santana, SDN, Diácono, Irmã Rita, SDN e Pe. Herval, SDN

_______

Manhumirim pronta para o Jubileu do Bom Jesus

 A cidade se prepara para receber milhares de fiéis que irão receber as graças e indulgências do tempo maravilhoso que se aproxima: o Jubileu do Bom Jesus. E juntos irão viver as delícias de um lugar maravilhoso, excelente clima, muito bem aceita no roteiro turístico mineiro e sobretudo, abriga grandes personalidades, como o sacramentino, Pe. Demerval-SDN, que compôs um hino/convite para os fiéis. Um trecho: “Bom Jesus desta terra querida, extensão de teu reino de amor! Nós viemos pedir tuas bênçãos. Ouve nossa oração, ó Senhor!

Das montanhas de Manhumirim sobem ao Céu nosso canto e louvor. E de lá jorre a luz que ilumina. Esta terra de paz e de amor.

Ó romeiro tu vens caminhando, sob o olhar maternal de Maria! Ela é mãe, e a Jesus nos conduz. Vela roga por nós, noite e dia.

Bom Jesus abençoa o teu povo Desta terra de Manhumirim missionada por Júlio Maria. Dá-lhe a paz duradoura e sem fim.

..”. E o romeiro vai ter oportunidade de conhecer o mais belo conjunto arquitetônico de Minas Gerais: o Santuário do Bom Jesus e o Seminário Apostólico. Sejam bem vindos!

______

Fazenda terapêutica: uma bênção para Manhumirim

Os visitantes e principalmente os manhumirienses precisam urgente conhecer a Fazenda Terapêutica da AMAR.  Trata-se de um belo local, acolhedor, que abriga necessitados de tratamento antidrogas, em número que oscila de 20 a 30, com uma dedicada direção, coordenadores e três funcionários. Mas, a sociedade pode contribuir mais. Afinal, os abrigados se estivessem fora de lá, estariam gastando muito mais e dando muito mais trabalho para suas famílias. Pedido da presidente: “leve sua contribuição, seu donativo, participe das missas (foto) e cultos lá celebrados, vá com seus companheiros de clube, de grupos de reflexão, de movimentos paroquiais, ou de sua igreja e religião evangélica. Afinal, ali se encontram irmãos de todos, que precisam urgentemente de ajuda. Não se sabe o dia de amanhã... Mas se sabe que, hoje são eles que contam com você...”

_______

Professor Zezinho: o mestre da Matemática

Merece destaque o manhumiriense José de Paula Batista, o Professor Zezinho, todas as vezes que visita sua terra natal. Residente em Belo Horizonte há vários anos, Zezinho é mestre em Matemática e Física, onde leciona na PUC-MG e UFMG, as mais complexas disciplinas de exatas. Esperando seu retorno na semana do Jubileu, amigos sempre lhe preparam boa acolhida, como da última vez, em julho, na casa do também matemático José Geraldo Barbosa, onde junto a várias pessoas, curtiram uma boa música (outro dom de Zezinho), com o mestre do violão, Ertinho (foto). E entre músicas e “matemágicas”, reviveram os bons tempos, cientes de que a amizade deve sempre ser bem cultivada.  

  • publicidade 021
Desenvolvido em Software Livre por Logomarca da Imppactmidia