domingo, 21 de Outubro de 2018 | 12:10:08 | Tempo e temperatura: Iúna/ES npp Nublado com Possibilidade de Chuva, 12º/25º
Cidades
  • publicidade 024 Farmácia Santa Maria 330x370
Greve Geral: protestos marcam a sexta-feira na região e no país Manifestação aconteceu em Iúna, Ibatiba, Muniz Freire e em outras várias cidades do país

Greve Geral: protestos marcam a sexta-feira na região e no país

Em Iúna, Ibatiba, Muniz Freire e em praticamente todas as cidades do país, manifestantes disseram não às reformas

28/04/2017 as 16h37 (Atualizado em 19/10/2018 as 19h34). Valdir Vieira | Redação

Manifestantes gritando palavras de ordem contra o governo Temer, em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista, e contra a lei da terceirização agitaram a manhã desta sexta-feira (28) em várias cidades da região do Caparaó capixaba e do Brasil

Em Iúna, manifestantes seguiram em passeada das proximidades do ginásio poliesportivo, prefeito, Romeu Rios, até em frente ao prédio da prefeitura municipal. O presidente eleito do Sindicato dos Servidores Públicos de Iúna e Irupí (Sindspii), Durval Almeida Júnior falou a reportagem do jornal Cidade Agora.

Veja entrevista

Veja as fotos

Durval Almeida Júnior - Presidente do Sindspii

 

Muniz Freire

Em Muniz Freire, aconteceu uma Audiência Pública no plenário da Câmara Municipal.

O convite foi feito a todos os trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade para participarem da Audiência Pública que teve por objetivo manifestar a indignação e protesto contra Reforma da Previdência. “A Proposta que está sendo discutida na Câmara dos Deputados deixa milhões de brasileiros sem expectativa de uma aposentadoria digna e sem nenhum tipo de proteção social. Portanto, assumimos uma posição contrária a reforma que, além da idade mínima de 65 anos, exige 40 anos de contribuição para que se receba o benefício integral”, destacou uma nota feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Muniz Freire, Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, Sindicato Patronal, Igrejas e Associações.

A nota diz ainda que, “o trabalhador rural mesmo com as alterações propostas pelo Relator ainda tem um prejuízo enorme exigindo contribuições de no mínimo 15 anos. Isso sem falar nos benefícios de prestação continuada e nas pensões, enfim, todos serão prejudicados por essa Reforma Criminosa para atender o mercado, que só penaliza os trabalhadores”.

Veja as fotos abaixo:

 

Guaçuí (ES)

Já em Guaçuí a manifestação foi no Centro da Cidade. Foto abaixo:

Em Ibatiba, os manifestantes fecharam a BR 262 e colocaram fogo em pneus

Manifestação teve a participação de políticos, servidores e população em geral

 

BRASIL

Sindicatos fazem protestos e paralisações nos 26 estados e no DF. Servidores públicos, bancários, motoristas de ônibus e professores estão entre as categorias que aderiram ao movimento. 

  • publicidade 021
Desenvolvido em Software Livre por Logomarca da Imppactmidia