segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 | 06:08:19 | Tempo e temperatura: Iúna/ES n Nublado, 12º/26º
Notícia
  • publicidade 027 ExataAmbiental 2 300x92
  • publicidade 027 ExataAmbiental 300x92
Iúna recebe bens e equipamentos da Seag O prefeito, o secretário de Estado e outras autoridades exibem o documento de transferência dos bens

Iúna recebe bens e equipamentos da Seag

Reflorestar é apresentado aos produtores

14/08/2017 as 16h40 (Atualizado em 19/08/2018 as 22h05). Redação | Governo do ES

Iúna (ES) - Foram 64 itens como roçadeira, trator, picape, escavadeiras e secador de café, doados à Prefeitura de Iúna, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

A solenidade para a assinatura do termo ocorreu na última quarta-feira (09), no auditório do Parque de Exposição Cassiano Júnior, com presença do secretário interino de Estado da Agricultura, Marcus Magalhães, e do prefeito de Iúna, Weliton Virgílio Pereira.

Os bens estavam em cessão de uso ao município e, a partir de agora, passam a ter a gestão sob a responsabilidade da prefeitura.

"Eu vim em nome do Governo do Estado passar ao município R$ 1,69 milhão em bens e equipamentos. Nosso trabalho é fortalecer o agronegócio e dar condições ao município de se inserir cada vez mais nesse setor, gerindo esses equipamentos com responsabilidade e escrevendo uma nova história", disse Marcus Magalhães.

No dia 25 de maio deste ano, o governador Paulo Hartung sancionou a lei, aprovada pela Assembleia Legislativa, que permite que o Governo do Estado possa doar os bens móveis que não tenham mais utilidade para as atividades desenvolvidas por órgãos e entidades estaduais.

Os municípios deverão usar os equipamentos em ações de interesse social. A doação é formalizada por meio de um termo em que constará a finalidade para a qual o bem se destina e o equipamento deixa de constar no acervo patrimonial do órgão e entidade estadual para ingressar no patrimônio do município beneficiário.

As despesas para a transferência dos bens, assim como para manutenção, conservação e guarda ficam sob a responsabilidade dos municípios. Concretizada a doação, o município passa a ter responsabilidade sob a gestão deles e poderá aliená-los quando não houver mais utilidade.

Reflorestar

O Projeto Reflorestar que é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo e tem como objetivo promover a restauração do ciclo hidrológico por meio da conservação e recuperação da cobertura florestal, com geração de oportunidades e renda para o produtor rural, estimulando a adoção de práticas de uso sustentável dos solos, foi apresentado pela SEAMA (Secretaria de Estado de Meio Ambiente) e pela Secretaria de Estado de Agricultura (SEAG) em Iúna. A meta do programa é a recuperação por meio de restauração e conservação da vegetação nativa, desmatamento evitado e arranjos florestais de uso sustentáveis, conforme previsto pelo Governo do Estado no Planejamento Estratégico 2015/2018.

O prefeito Weliton Virgílio Pereira agradeceu a doação. "A Seag está executando um compromisso de repassar à nossa gestão esses 64 equipamentos, e a nossa prefeitura se compromete a dar a finalidade máxima a esses bens, com muita responsabilidade".

O gestor municipal disse ao jornal Cidade Agora, sobre os itens doados pelo Estado para o município, que vai verificar e localizar todos os itens doados, para assim fazer um relatório final sobre estes itens.

Weliton Virgílio disse ainda que, a união de Estado e município proporciona um melhor atendimento para os produtores rurais.

“O alinhamento de políticas publicas tem o objetivo de atender da melhor forma possível o cidadão iunense”, pontuou o prefeito.

Veja entrevista

 

De acordo com o Secretário interino de Estado de Agricultura, Marcus Magalhães, “o Reflorestar não é um programa de governo, mas sim um programa de Estado, que vem incentivando e contando com o apoio dos produtores rurais”.

Marcus Magalhães elogiou a iniciativa do governo municipa através do prefeito Weliton Virgílio, de construir um viveiro de mudas, para atender a municipalidade.

Veja entrevista

 

Segundo Gabriel Nunes, gerente do Bandes, o Reflorestar é um pagamento pela recuperação de recursos florestais, e para se cadastrar e obter maiores informações basta o produtor fazer o cadastro pela internet, podendo ainda procurar o Incaper ou a Secretaria de Agricultura.

Veja a entrevista

 

Para o secretário de Agricultura e Agronegócio de Iúna, Robson Fardim Tristão, O programa Reflorestar é muito amplo, sendo de extrema importância para o município que os produtores participem, recuperando suas áreas e gerando renda.

Veja a entrevista

 

O engenheiro florestal Marcos Sossai, que é da SEAMA (Secretaria de Estado de Meio Ambiente), disse que o objetivo do programa reflorestar é recuperar áreas degradáveis e também gerar renda para o produtor. Segundo Sossai, a meta é atender ainda este ano 85 (oitenta e cinco) produtores em Iúna.

Na região do Caparaó capixaba, já são 200 (duzentos) produtores com projetos em andamento e cada produtor pode receber até R$ 10 mil por hectare, pela restauração da área degradada.

Veja entrevista

  • publicidade 021
Desenvolvido em Software Livre por Logomarca da Imppactmidia