sábado, 23 de Junho de 2018 | 12:06:49 | Tempo e temperatura: Iúna/ES pn Parcialmente Nublado, 14º/26º
Notícia
  • publicidade 023 Notícias
Procurado por sequestro de Thayná, no ES, é preso em Porto Alegre Ademir Ferreira, preso por sequestrar a menina Thayná (Foto: Reprodução Facebook)

Procurado por sequestro de Thayná, no ES, é preso em Porto Alegre

Segundo a Brigada Militar, os militares abordaram Ademir no Centro da capital do Rio Grande do Sul

13/11/2017 as 16h36 (Atualizado em 22/06/2018 as 22h33). Redação | G1

Segundo a Brigada Militar, do Rio Grande do Sul, Ademir Lúcio Ferreira foi preso na madrugada desta segunda (13). Menina desapareceu no dia 17 de outubro após entrar em carro.

suspeito de sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus, de 12 anos, Ademir Lúcio Ferreira, de 55 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (13), no Rio Grande do Sul. A informação foi dada pela polícia do estado, que realizou a prisão no Centro de Porto Alegre.

Thayná desapareceu no dia 17 de outubro no bairro Universal, em Viana. Um vídeo mostra a menina conversando com o motorista e entrando em um carro. Segundo a polícia, o motorista era Ademir Lúcio Ferreira, que teve a prisão decretada pela Justiça e estava foragido.

Ele também é suspeito de estuprar uma outra menina no mesmo bairro. Segundo a Polícia Civil do Espírito Santo, a vítima é uma garota de 11 anos. Nos dois casos, o homem agiu da mesma forma.

Segundo a Brigada Militar, a polícia do Rio Grande do Sul, os militares abordaram Ademir na rua Comendador Manoel Pereira, no Centro de Porto Alegre. Ele foi encaminhado para a 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da cidade.

Ossada de uma criança é encontrada em Viana

A ossada de uma criança foi encontrada em um brejo, próximo a uma lagoa em Viana, na Grande Vitória, na sexta-feira (10). Segundo a polícia, o local era usado por Ademir Lúcio para cometer crimes.

Um vestido que estava com a ossada foi reconhecido pelo padrasto da menina Thayná. A informação foi dada pelo delegado responsável pelo caso, José Lopes, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele destacou que, mesmo assim, apenas um exame de DNA vai confirmar se os restos mortais são da menina.

De acordo com o delegado, o pasto onde estava a ossada foi queimado no dia 31 de outubro, dia em que Ademir foi apontado como suspeito.

Material será colhido para DNA

A mãe de Thayná, a costureira Clemilda de Jesus, foi até Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, na manhã desta segunda-feira (13), para colher material para fazer exame de DNA. O objetivo é saber se a ossada encontrada é da menina. Clemilda também deve fazer o reconhecimento da roupa encontrada junto com a ossada.

Ademir foi preso no Rio Grande do Sul. 

Em vídeo que circula nas redes sociais o suspeito de sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus, de 12 anos, explica como raptou a vítima.

Veja o vídeo

Questionado sobre o vídeo, o delegado José Lopes, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, disse que vai investigar tudo. "Eu pedi sigilo, porque qualquer coisa que for divulgar porque ele vai montar um caso em cima de tudo isso. Ademir é um estelionatário. Tudo que ele vai falar não posso acreditar no que ele diz. Tem que provar. Para mim ele é um monstro", disse.

Desaparecimento

Thayná desapareceu no dia 17 de outubro no bairro Universal, em Viana. Um vídeo mostra a menina conversando com o motorista e entrando em um carro. Segundo a polícia, o motorista era Ademir Lúcio Ferreira, que teve a prisão decretada pela Justiça e estava foragido.

Ele também é suspeito de estuprar uma outra menina no mesmo bairro. Segundo a Polícia Civil do Espírito Santo, a vítima é uma garota de 11 anos. Nos dois casos, o homem agiu da mesma forma.

  • publicidade 021
Desenvolvido em Software Livre por Logomarca da Imppactmidia